Uma Experiência Inigualável: Viagem pelo Caminho de São Miguel

Reportagem publicada pelo Jornal “Cruzeiro do Sul” de Sorocaba/SP e publicada em 12 de agosto de 2017.

O caminho traçado por São Miguel Arcanjo na Idade Média, entre a França e a Itália, é o roteiro de uma viagem sem precedentes.

Você sabia que existe um caminho traçado por São Miguel Arcanjo e que liga a Itália e a França?

Esta rota de peregrinação está diretamente ligada aos pontos de energia da Terra (chackras), ou seja, pontos de energia no planeta, que são vitais para a saúde do mundo e todos os seres vivos.

Para conhecer os pontos determinados pelo Arcanjo, na Idade Média, depois de aparições para religiosos na época, o especialista em anjos, coach espiritual e escritor Moacyr Martinns embarcará no dia 21 de setembro com um grupo numa viagem de 16 dias e 13 noites, entre Itália e França, percorrendo pontos importantes e possibilitando aos turistas, experiências individuais e inesquecíveis sem precedentes.

De acordo com Martinns, dentro do continente europeu, após a queda do Império Romano, houve um momento de reparação da civilização, que estava crescendo baseada em princípios morais, éticos e filosóficos, enquanto algumas civilizações mais primitivas ainda habitavam a região.

‘‘Assim, o Arcanjo Miguel colocou sua espada em determinados pontos como linha divisória para barrar essa influência mais primitiva’’, explica Martinns.

‘‘São três cidades importantes que ligam o caminho e a distância entre elas é de exatamente mil quilômetros. Além disso, toda a rota está na linha do segundo chackra da Terra, mais conhecido como sacral, e que possibilita o nascimento de algo novo’’.

 

Lucila Nedelciu, diretora da Raidho Viagens, operadora responsável pela viagem, acrescenta que ‘‘de acordo com tradições e lendas, durante uma luta com o diabo, o arcanjo desenhou o caminho sagrado com sua espada, criando uma fenda invisível para ligar os locais sagrados destinados a ele.

Trata-se do Caminho da Espada de Miguel Arcanjo. O caminho é impressionante; os relatos dos moradores surpreendem a todos e, embora tenha sido criado na Idade Média, ainda é desconhecido pela maioria dos brasileiros’’.

Peregrinação

O início da rota acontece em Monte Sant‘Angelo, localizado ao sul da Itália, considerado o mais antigo santuário da Europa Ocidental dedicado ao arcanjo e onde está a Gruta de São Miguel.

Na cidade, há diversos relatos de milagres ligados ao arcanjo, que está representado em uma estátua na região central.

Outro ponto imperdível é San Giovanni Rotondo, cidade da Puglia, famosa por abrigar os restos mortais do Padre Pio, herdeiro espiritual de São Francisco de Assis.

Padre Pio é conhecido mundialmente por suas profecias, bi locação (presença simultânea em dois lugares diferentes) estigmas de Jesus Cristo, milagres e convivência com seu anjo da guarda.

E já que o peregrino estará na Itália, é fundamental passar por Assis, cidade natal de São Francisco.

‘‘Na parte de baixo da catedral da cidade, está o túmulo de Francisco, construído sobre um antigo altar druida. Lá, surge uma energia do subsolo potencializada pela que foi deixada por Francisco e, então, irradiada no altar maior’’, detalha Martinns.

Na sequência, em Turim, o grupo fará um passeio à Sacra di San Michele, conhecida por ter inspirado as locações do filme O Nome da Rosa e construída a pedido do Arcanjo Miguel. Segundo Martinns, a Sacra é um templo da era bizantina, toda encravada nas rochas, com uma escultura de Miguel.

“Uma das versões mais populares diz que o Arcebispo de Ravenna queria construir uma abadia em honra de São Miguel Arcanjo no lado sul do Monte Caprasio. O trabalho começou, porém à noite, todas as pedras colocadas sumiam. O bispo, desesperado, descobriu que os ladrões não eram homens, mas anjos que, protegidos pela escuridão da noite, carregavam as pedras para o local onde foi construída e está até hoje”, destaca Martinns.

“Fundada entre 983 e 987, a Sacra está bem no centro da rota de peregrinação e foi confiada a cinco monges beneditinos, informa Lucila. Turim é famosa por ter sediado reuniões de grandes alquimistas da humanidade, como Leonardo da Vinci e Michelangelo’’, acrescenta.

Já no Mont Saint Michel, na França, o grupo conhecerá a Abadia de São Miguel, que é um dos maiores centros de peregrinação da Europa Medieval.

Segundo lenda, o Arcanjo Miguel apareceu três vezes em 709 para o bispo de Avranches, pedindo para construir uma igreja sobre a rocha. Entretanto, o bispo ignorou o pedido duas vezes até que na terceira, Miguel tocou sua cabeça com o dedo, onde ficou um buraco. O bispo permaneceu vivo e então deu início ao projeto.

Roma e Paris

‘‘Chegaremos a Roma e sairemos por Paris, pois essas duas cidades estão na linha do chackra laríngeo da Terra, que representa a comunicação e a expansão do que é perfeito e onde florescem ideais e a civilização”.

“Passaremos também por Chartres, onde passam dez linhas de energia’’, diz Martinns. Ele explica que a viagem trará uma experiência individual, baseada no princípio físico da ressonância, muito utilizado por Miguel.

‘‘O que me encanta neste projeto é justamente poder divulgar um caminho sagrado: ‘‘La Via Sacra di San Michele’’, que apesar de seu potencial positivo de transformação e de evolução, foi praticamente esquecido pela humanidade. Sinto-me motivado pela possibilidade de compartilhar com pessoas, que participarão do grupo por estar em sintonia com a energia do Arcanjo Miguel, não só os conhecimentos que nos são transmitidos por todos os aspectos simbólicos que envolvem os locais dedicados ao Arcanjo, como assessorá-los na medida do possível durante a nossa permanência nestes locais sagrados. O nosso objetivo é fazer com que as pessoas conheçam culturas milenares, filosofia e costumes de cada povo, visando o enriquecimento interior junto às belezas dos destinos’’, completa Martinns.

Ainda há lugares disponíveis e os interessados devem contatar a Raidho Viagens pelo site: www.raidho.com.br. (Da Redação).

 

Deixe seu comentário