Devas, Elementais e Espíritos da Natureza

Devas

“Eles são considerados os princípios da energia luminosa que está por trás de todos os fenômenos; trabalham tanto com a natureza quanto com o cosmos para orientar a evolução da vida”  escreveu Nathaniel Altman em seu livro “The Deva Handbook: How to Work with Nature’s Subtle Energies” .

 Todos e tudo o que é vivo é vivificado com a energia de Deus e protegida por Devas.

A palavra Deva deriva da raiz sânscrita “div”, que significa “resplandecente, brilhante” devido à sua aparência autoluminosa.

Deva da Ilha de Java

Deva da Ilha de Java

De acordo com as filosofias indus e budista, todos os seres da criação divina têm um “ser brilhante” que o acompanha em seu crescimento e evolução. Este acompanhamento também se dá com todos os reinos da natureza: mineral, vegetal, animal e hominal.

Devas são espíritos intimamente ligados e integrados à natureza. Vivem em uma dimensão paralela a da humanidade e seu reino de desenvolvimento estende-se por uma vasta gama de consciência, assim como a nossa.

Não possuem uma forma particular; pois essencialmente, são energia. Devas são os responsáveis pela transmissão da força vital.

Os Devas fazem parte do Reino Angélico e como estão a serviço do mundo da natureza expressam-se como um dos 4 elementos:fogo, terra, ar e água.

São parte de toda uma hierarquia de seres que vai desde o pequeno gnomo até o mais alto dos Arcanjos, e fazem parte de uma evolução irmã a do ser humano na Terra.

Os Devas mantêm o padrão arquetípico e como planejam todas as formas ao nosso redor, direcionando a energia necessária para materializá-las. Os corpos físicos dos minerais, vegetais, animais e seres humanos são tecidos através do trabalho do reino dévico.

Espíritos da Natureza

Os Espíritos da Natureza são seres feitos de pura energia. São os responsáveis por passar para o mundo físico, ou seja, plantas, flores, pedras, animais, etc., toda a energia necessária para que tudo possa crescer, viver e permanecer. Podemos dizer que são uma espécie de condutores de vida, ou seja trazem a energia de cima ou planos superiores até nosso mundo, possibilitando a construção das formas de tudo que existe.

Se focalizarmos apenas o Reino Vegetal, podemos dizer que enquanto os Devas podem ser considerados os “arquitetos” das formas vegetais, os Espíritos da Natureza, como Gnomos e Fadas, são os “artesãos” que usam o modelo e energia canalizada para eles pelos Devas para construir as formas da planta.

Salamandras: Espíritos da Natureza ligados ao elemento Fogo

Salamandra - Geoffrey Hodson

Salamandra – Geoffrey Hodson

Silfedes/Elfos/Fadas: Espíritos da Natureza ligados ao elemento Ar

Silfedes - Geoffrey Hodson

Silfedes – Geoffrey Hodson

 

Fadas e o Pássaro - John A Fitzgerald

Fadas e o Pássaro – John A Fitzgerald

Ondinas/Sereias/Ninfas: Espíritos da Natureza ligados ao elemento Água

Ninfas - John-William-Waterhouse

Ninfas – John-William-Waterhouse

Ondina - Josephine-Wall

Ondina – Josephine-Wall

Gnomos/Dríades/Duendes: Espíritos da Natureza ligados ao elemento Terra

Driades - Larry MacDougall

Driades – Larry MacDougall

Duende by Larry MacDougall

Duende by Larry MacDougall

Gnomos

Gnomos

Elementais

Os seres do Reino Elemental trabalham principalmente no plano mental e são conhecidos como “construtores de forma”. Sua especialidade é traduzir formas-pensamento em formas físicas, transformando padrões mentais em padrões etérico e, em seguida na forma física.

Cada um dos Seres do Reino Elemental é um especialista na criação de alguma forma específica, seja um elétron ou espaço interestelar.

3 thoughts on “Devas, Elementais e Espíritos da Natureza

Deixe seu comentário